Tempo

quinta-feira, 30 de maio de 2019



Faz tempo que eu não apareço por aqui, b
para quem não sabe ou não me segue nas redes sociais não deve saber. Mas no final de 2018 eu sofri um acidente de moto que me deixou fora do ar por alguns meses, tive que operar o cotovelo, colocar pinos e por aí vocês já imaginam o tormento, com dor e fisioterapia.
Não tinha condições de entrar aqui, e nem cabeça para isso. Confesso que ainda não tenho, tanta coisa acontecendo que eu nem sei o que me deu para entrar aqui hoje e postar.
Mas muita coisa aconteceu nesses 5 meses e uma delas é que eu me tornei tia, minha sobrinha está com 2 meses e é a coisinha mais linda, qualquer dia apresento fotos dela para vocês se minha irmã autorizar rs.
De resto tá tudo uma loucura e não é no bom sentido, e quando me falam que "Deus não da fardo maior do que podemos carregar", tô começando a duvidar disso 😀.
É gente eu vim aqui mais como um desabafo, espero que vocês me perdoem...
Tempo é o que eu preciso, para pensar, e focar, serenidade de entender que a coisas na vida que não podemos mudar, e fé de que tudo passa...

Resenha : Caixa de pássaros - Josh Malerman





Eu lembro que quando comprei esse livro,  a maioria das colegas blogueiras estavam na vibe da leitura dele, era um rebuliço danado de resenhas. Eu visitava um blog era a resenha dele, entrava em outro, olha a resenha lá outra vez rsrs. Fiquei tão tentada que fui e comprei.

Se me arrependi? Bom digamos que eu não achei tudo aquilo que eu li em várias resenhas dele por ai, o livro não chega a ser ruim, longe disso. A narrativa, intercalando passado e futuro me cativou, não fiquei perdida.
O que me deixou um pouco frustrada foi a falta de informação,  sobre certas coisas e acontecimentos. Ficou tudo meio vago, algumas pontas soltas sei la.

O livro aborda um mundo no momento que desencadeia uma situação apocalíptica.  Começam a noticiar que "alguma coisa" e quando digo alguma coisa é literalmente porque até o final do livro a gente fica sem saber o que realmente esta causando tanto medo nas pessoas, porque é narrado que só de olhar as pessoas vão enlouquecendo, começam a perder sua sanidade, matando outras pessoas, e cometendo suicídios. 

O livro na maior parte do tempo narra a vida de Malore, que logo de inicio descobre que está grávida. Os personagens secundários são muitos, mas confesso que gostei muito do Tom e da Olimpya, cada um teve sua importância nesse livro, mas o Tom me cativou bastante por ser muito altruísta.

Me peguei achando que ia ler um livro cheio de terror, e apesar da leitura te prender bastante, não tem nada assim que realmente te assuste, no meu caso pelo menos.
O livro é bom, mas me incomodou bastante o final vago, sem emoção, fiquei com aquela sensação de que estava faltando alguma coisa rs.

A Intrínseca mandou muito bem na capa do livro que está linda e fechando com tudo com a história do livro, as páginas decoradas no começo dos capítulos deu um charme a mais, e lógico a fonte está maravilhosa, porque quando a pessoa e ceguetinha que nem eu, isso conta muito.

Quem já leu? Conta ai nos comentários se foi só impressão minha, ou se mais alguém também ficou com essa impressão.

“Num mundo onde não podemos abrir os olhos, uma venda não é tudo que temos para nos defender?”


 

Fala ai Anny © Copyright 2018 ♥ ♥ Design by Kris Monneska.